Bom dia, hoje é dia 19/08 e são 09:47

(47) 3247-5500

A Reunião Plenária da Associação Empresarial de Itajaí (ACII) desta segunda-feira, 12 de agosto, abordou as interrupções na distribuição de energia elétrica e as obras de revitalização do centro da cidade. Na ocasião, estiveram presentes o engenheiro da Celesc, Luiz Carlos da Silva Xavier e o assessor especial do gabinete do prefeito de Itajaí, Auri Pavoni, que falaram sobre os assuntos respectivamente.

Antes dos temas serem abordados, o presidente, Mário Cesar dos Santos, falou da campanha “Seu Amigo na ACII”, lançada no início do mês, que tem o objetivo de estimular a adesão de novos associados por meio de indicação de quem já vive o associativismo. A iniciativa segue até 31 de outubro e prevê desconto de 50% na mensalidade por nove meses, para os indicados que se tornarem associados.

Em relação a energia elétrica, Xavier detalhou que a Celesc atende cerca de 400 mil unidades consumidoras desde Bombinhas até São João do Itaperiú, com uma população fixa de 770 mil pessoas, que no verão chega a quase 3 milhões de habitantes. Enfatizou que entre as principais metas da companhia, está a continuidade na distribuição e explicou as dificuldades de cada região, onde por exemplo, em Ilhota e São João do Itaperiú, os problemas são por conta da vegetação na rede. Já em Itajaí, as pipas e os frequentes abalroamentos (choques no postes) têm danificado os alimentadores e consequentemente, prejudicado a distribuição. Segundo o engenheiro, a cidade tem uma média de nove horas de desligamento por ano, um período que está dentro do padrão da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Diminuir está média é uma prioridade para a Celesc. Para isso, já está em operação na Murta um sistema piloto com dois circuitos, em que o segundo é acionado ao identificar problemas no primeiro. O bairro foi o primeiro a receber o projeto por contar com diversas indústrias, ainda outras 9 localidades, incluindo o Centro, deverão receber o sistema num prazo de um ano.

Rede subterrânea

O engenheiro também falou sobre o projeto de implantação de quatro quilômetros de rede de distribuição subterrânea de energia elétrica. O projeto foi orçado em R$ 37 milhões e foi elogiado por Xavier, que disse não ter visto nada parecido durante os seus 30 anos de profissão. Ele detalhou as inúmeras vantagens da rede subterrânea e inclusive, disse que a média de desligamento nos locais com este tipo de rede cai para uma hora por ano.

Revitalização Centro

Na sequência, Pavoni, apresentou os projetos de revitalização das principais áreas de Itajaí, pensados para proporcionar uma grande transformação urbana em Itajaí. As obras fazem parte do contrato de financiamento internacional do Programa Itajaí 2040 Moderna e Sustentável, que garantiu mais de R$ 250 milhões para 28 diferentes obras. O assessor ressaltou que os projetos já estão em fase inicial e destacou que durante a execução todos os cuidados serão tomados para evitar o máximo de transtornos possíveis. Porém, afirmou que ao findar as obras, não terá dúvidas  que Itajaí será uma das cidades mais importantes de Santa Catarina na próxima década.

Antes do presidente encerrar a reunião, os convidados ainda responderam perguntas do público.

 

>>>CLIQUE AQUI E VEJA DETALHES DOS PROJETOS! 

 

 

Compartilhe: