Bom dia, hoje é dia 27/01 e são 08:28

(47) 3247-5500

Itajaí recebe nesta semana a expedição científica que celebra o 200º aniversário da descoberta da Antártida. Na noite de segunda-feira, 2 de dezembro, aconteceu um jantar de confraternização para marcar a visita e o evento reuniu a tripulação do veleiro da Estônia, chamado Almirante Bellingshausen, autoridades e convidados na Marina Itajaí, entre os presentes, esteve o vice-presidente de Assuntos de Turismo da Associação Empresarial de Itajaí (ACII) Wolfgang Roedel, que representou o presidente Mário Cesar dos Santos.

Negócios com Itajaí
Considerado um país totalmente tecnológico, a Estônia integra a União Europeia e desde 2011 tem o Euro como sua moeda oficial. De acordo com o Cônsul Honorário da Estônia no Sul do país, Almir Maestri, no próximo ano há o objetivo de realizar uma reunião na ACII, cujo objetivo é abordar a oportunidades de negócios com o país que conta com uma grande variedade de importações, entre máquinas e equipamentos, combustíveis, metais, madeira, roupas, alimentos, aparelhos eletrônicos. Esses três últimos quase não são produzidos na Estônia.

A expedição
O veleiro partiu da Estônia com 12 tripulantes, em julho deste ano. Quase uma centena de pessoas e pesquisadores tem se revezado nas diferentes pernas durante da expedição. O plano é chegar à Antártida em janeiro de 2020. A expedição irá refazer, em grande parte, o percurso feito pelo almirante Bellingshausen na época que descobriu a Antártida, em 1820. O almirante era natural da Ilha de Saaremaa, na Estônia, antiga URSS.

A expedição científica organizada pelo Museu Marítimo da Estônia terá cerca de sete meses de duração. Antes de Itajaí, o veleiro atracou em Recife e no Rio de Janeiro. Durante a passagem pelo município catarinense estão sendo oferecidas palestras e visitações para escolas, mediante agendamento. Após a passagem por Itajaí, a embarcação segue rumo a Montevidéu, no Uruguai.

Compartilhe: