Boa noite, hoje é dia 18/09 e são 04:17

(47) 3247-5500

Na semana passada foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e como já é tradição na agenda de ações do Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação (NuTIC), no sábado, 8 de junho, foi realizado o “Dia D de conscientização sobre o Lixo Eletrônico”, na rua Hercílio Luz, das 9 às 12 horas.

Os nucleados expuseram computadores, máquinas fotográficas, laptops, filmadoras, componentes eletrônicos, celulares que ficaram obsoletos com o passar dos anos se tornando “e-lixo”. “Menos de 10% dos eletrônicos recebem o destino correto no Brasil. Nos EUA e na Europa a reciclagem ou a reutilização dos equipamentos chega a 45%”, por isso é tão importante abordar o assunto”, afirma o coordenador do NuTIC, João Olindo dos Santos Junior.

O grupo também alertou sobre os problemas causados à saúde. Eletrônicos quando descartados em lixões podem liberar substâncias tóxicas na água, no solo e no ar. Podendo desencadear problemas respiratórios e danos ao sistema nervoso, a partir da contaminação do organismo com mercúrio, chumbo e cádmio presentes nos eletrônicos.

A exposição chamou atenção de muitas pessoas e ao longo da manhã a movimentação foi constante. Karen Stefany Rodrigues da Silva, 15 anos, que estava acompanhada da mãe, Josiane da Silva Souza, desconhecia muitos dos itens expostos, fato que evidencia a rápida transformação dos produtos e por sua vez, a necessidade da reciclagem. “Nunca tinha visto um computador assim e nem uma filmadora. Também não sabia dos problemas que esse tipo de lixo causa”, comentou.

Já Josiane se disse surpresa com o fato de que a reciclagem deste tipo de produto é fonte de renda para outras pessoas. Ela desconhecia o trabalho desenvolvido pela Cooperativa de Reciclagem do Vale do Itajaí (Reciclavale), que coleta, separa e comercializa lixo eletrônico e foi parceira do evento. (Saiba mais)

A ação contou também com parceria da Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai), que disponibilizou mudas de árvores frutíferas e nativas para que o público pudesse levar para casa e fazer o plantio. Incentivando o contato e o cuidado com a natureza, pois onde há verde, há vida.

 

 

Quer conhecer mais sobre o NuTIC, acesse AQUI! 

 

Compartilhe: